O que é Small Group?

Essa denominação é utilizada no ambiente Fitness para definir pequenas turmas de treinamento, normalmente com grupos de 5 a 12 clientes. É considerada uma principais tendências do mercado e vem crescendo no Brasil a cada ano.

Onde surgiu?

A expressão e o formato surgiram nos Estados Unidos no início da década, com o objetivo de oferecer treinos mais personalizados, sem perder a interação e diversão das aulas coletivas.

Quais são as vantagens?

O modelo Small Group traz diversas vantagens tanto para clientes quanto para os profissionais:

  • Os clientes desse modelo desfrutam de uma aula animada, intensa, com segurança e personalização, que não são possíveis nas aulas de ginástica com mais de 20 , 30 ou até 40 clientes. Com o número reduzido, o profissional pode dar mais atenção e fazer as adequações necessárias para cada cliente.
  • Os profissionais beneficiam-se de várias formas: podem mesclar modalidades e deixar a aula mais dinâmica; podem prestar mais atenção e corrigir os clientes prontamente, diminuindo a possibilidade de lesão e ampliando a eficiência do treino.
  • Outra grande vantagem é a financeira. No trabalho individual como Personal Trainer, o profissional precisa receber de uma única pessoa todo o valor da sua hora/aula. Já no modelo Small Group, o profissional pode aumentar sua hora/aula e ao mesmo tempo deixar mais barato para cada cliente, já que ele irá dividir o valor total por todos.

Exemplo: Um personal que cobra R$100,00/hora aula, pode em um Small Group 2x/semana passar a cobrar R$150,00/aula de um grupo de 5 clientes, com isso a hora que antes era de R$100,00 para o cliente passa a ser de R$30,00 e o profissional ainda aumenta em 50% seu faturamento. Não é uma ótima forma de aumentar o salário por hora e talvez reduzir o número de aulas trabalhadas? Qual Personal Trainer já sonhou com isso?

Passo à Passo:

Como montar um Small Group?

Primeiro: Pense em um local que seus cliente possam ter segurança, bons equipamentos e comodidade. E que o horário disponibilizado e valores de sublocação sejam viáveis para você.

Segundo: Calcule sua hora pensando em quantos clientes quer atender, lembre-se que a medida que o número de clientes aumenta, sua hora tem que aumentar também, pois seu trabalho fica mais difícil.

Terceiro: Defina o número máximo de alunos, trabalhar com escassez de vagas é ótimo para gerar procura.

Quarto: Diferencie-se! Escolha uma modalidade a qual você se destaca ou crie um método com suas características e atividades que os clientes mais gostam.

Quinto: Marque dia e horário para uma aula experimental, convide seus alunos(as) mais influentes e peça para que elas convidem amigos(as).

Sexto: Ministre a sua melhor aula, com muita qualidade e eficiência e, ao final, informe as próximas aulas e os valores.  (Muitas vezes começar o small group com 1x/semana é uma ótima estratégia, pois o custo/benefício é ótima para clientes e profissionais e informe nesse caso sempre o valor por mês que cada aluno deverá desembolsar).

Sétimo: Definindo o valor, alguns profissionais buscam dobrar a hora/aula no Small Group, oferecendo serviços adicionais dentro do valor como: Nutrição, massagem, fisioterapia, estética (PENSE NISSO!). Porém se você ainda não tem parceiros, busque aumentar em 25 à 50% o valor da hora em relação ao personal e não esqueça do custo de locação do espaço, dessa forma você pode ir testando o modelo e verificando o que seu público gosta.

Quer mais dicas? Fique de olho no @coworkoutone e nos nossos eventos!

Autor: Helder RodrigoConsultor da Start Empreendedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *